Como medir resultados no Coaching

Como medir resultados no Coaching

A razão principal pela qual empresas contratam coaches é desenvolver as competências de liderança de seus executivos. Ampliando o escopo, o coaching também é usado para acelerar o desenvolvimento de carreiras, corrigir problemas de desempenho, reter funcionários de alto potencial e gerenciar transições de cargo. Se considerarmos que o investimento nesse processo é considerável, é fácil entender porque as organizações se preocupam em medir o seu resultado. A busca pelo ROI com base em dados quantitativos é o maior desejo e desafio da área de Recursos Humanos, que na sua essência trabalha com metodologias consideradas subjetivas.

Na tentativa de justificar os gastos e provar os benefícios do coaching, algumas organizações tem se utilizado de algumas metodologias. A seguir, algumas ideias que podem ser extremamente uteis para enfrentar essa dificuldade:

  1. Conectar o planejamento de desenvolvimento de lideranças ao ROI com medidas de diferentes categorias de rentabilidade, crescimento e uso de ativos;
  2. Entrevistas com os lideres a respeito das medidas de negócios, que em sua opinião, foram atingidas pelo coaching e qual a porcentagem de impacto atribuída ao processo. (Nortel estipulou 548% de ROI usando esse método).
  3. Estudo da Manchester Consulting encontrou seis vezes mais benefícios para líderes que receberam coaching nos fatores: ganhos de produtividade e qualidade, força organizacional, atendimento ao cliente, redução de reclamações de clientes, retenção de executivos que receberam coaching, redução de custos e rentabilidade na linha de lucro.
  4. A Sony desenvolveu uma ferramenta online chamada Friday 5s, que permite ao líder identificar e acompanhar o progresso e os resultados de suas metas de aprendizagem. Esta muito satisfeita com os resultados aferidos.

As tentativas para levantar o ROI e escapar da subjetividade nas avaliações têm demandado muito empenho e criatividade das organizações, porém pesquisas mostram que a maioria delas percebe claramente o retorno que o coaching traz aos seus principais executivos, responsáveis pelo sucesso nos resultados do negócio.

Para algumas organizações a pergunta a ser feita é outra: Qual é o custo de não fazer o coaching?

Autora: Cris Ortiz Camargo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *