Papel da mente nas lesões do esporte

Papel da mente nas lesões do esporte

De três a cinco milhões de adultos e crianças se lesionam a cada ano nos ambientes esportivos, de exercício e em passeios recreativos. O curioso é que pessoas com altos níveis de estresse têm mais lesões relacionadas ao esporte e ao exercício. Portanto, esse é um tema que pode interessar não apenas atletas de alto rendimento, mas a população em geral.

Principais Causas de Lesões

Fatores Físicos como desequilíbrios musculares, colisões, treinamento excessivo e fadiga podem ser considerados as principais causas de lesões em atividades físicas.

Fatores Psicológicos também tem um papel importante nas lesões porque contribuem para que elas ocorram, especialmente em função de nossas características de personalidade que inclui:

  • Autoconceito (autoestima e autoconfiança)
  • Introversão e extroversão
  • Inflexibilidade de personalidade

Além dos fatores de personalidade, outros também merecem atenção como os:

  • Níveis de estresse que se revelam nas mudanças significativas de vida, perda de ente querido, transferência de cidade/estado/país, casamento/separação e mesmo, na mudança de situação financeira;
  • Aborrecimentos cotidianos considerados estressores menores como dirigir nas grandes cidades que levam ao nervosismo e preocupação;
  • Competições e as grandes exigências observadas como evidencias de que atletas com altos níveis de estresse tendem a sofrer mais lesões.

Reações Psicológicas as Lesões

Reações Psicológicas às lesões, consideradas respostas emocionais, podem ser tão traumáticas que chegam a representar sensações semelhantes às experiências de morte por isso é preciso compreender o processo de cinco estágios característico dos processos de lesão:

  1. Negação – “não acredito que isso esteja acontecendo comigo”;
  2. Raiva – “isso não deveria/poderia estar acontecendo comigo”;
  3. Negociação – etapa em que inicia o processo de recuperação
  4. Depressão – em função das perdas e mudanças de rotina;
  5. Aceitação e Reorganização – escalada para a recuperação e retorno ao estagio de vida desejado.

Esse processo pode levar de um ou dois dias, semanas ou até mesmo, meses dependendo do poder de enfrentamento ou apoio e orientação. Por isso é importante estar atento também a outras reações como:

  • Perda de identidade – que afeta o que a pessoa pensa dela mesmo auto (conceito);
  • Medo e ansiedade – sobre a recuperação, novas lesões, substituição permanente da atividade;
  • Falta de confiança – que diminui a motivação;
  • Diminuição do desempenho – devido à falta de confiança e também por se afastar da atividade.

Sucesso Psicológico na Recuperação de Lesões

Pessoas que conseguem estabelecer um processo mais produtivo demonstram utilizar estratégias mentais e emocionais importantes como: o estabelecimento de metas, plano de ação e também, ocupam a mente com diálogos internos mais positivos que se expressam como incentivos e, em menor grau, visualizações de cura e recuperação. Procedimentos como esses, explicam porque pessoas lidam melhor com suas lesões e se diferenciam de outras menos bem-sucedidas. Portanto, compreender a dinâmica do PSAI – Pensar, Sentir, Agir e Interagir – torna-se uma vantagem na recuperação de lesões porque representa os fundamentos que regem a psique humana.

Como afirma Timothy Gallwey, ex-tenista e uma dos grandes colaboradores do processo de Coaching: “O adversário que mais interfere no rendimento independente da área de atuação é o adversário interior, estado interno cujo oponente se encontra na forma de pensar e não no adversário externo. É ele quem produz distrações através de diálogos internos e julgamentos, capazes de provocar desconcentração, desmotivação e descontrole emocional até mesmo nos grandes jogadores”.

Autora: Suzy Fleury

Comentários no artigo “Papel da mente nas lesões do esporte

  1. Suzy,
    Adorei sua matéria. Obrigado pela transmissão de conhecimento, mais uma vez.
    Bjão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *